Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

Mês de Aquário

Fiz vinte e um anos. Continuei te procurando em meu sonho, na vila onde eu morava quando criança, atravessei a ponte e te busquei por todas as esquinas, você não estava lá, por onde você anda? Seu corpo frágil ainda é o mesmo de menino, mas nunca pude esconder você em um guarda-roupa.
É difícil acreditar que não pensei mais em você, mas vi sua foto sem querer, eu vou embora do Brasil por um tempo. Vou para o país de Cortázar, me corta o coração todas as lembranças do teu abraço leve e carinhoso, realmente não há ninguém para enxugar minhas lágrimas no frio.
Ninguém mais se importa com isso além de mim mesma. A solidão corroeu os poros de minha pele em uma doença horrível.

Mônadas

Eu estava viajando até o litoral norte em seu gol ice-6927 ouvindo piece of my heart, nunca havia estado lá antes, apenas no litoral sul, este sim inúmeras vezes em vários lugares. Se me perguntares sobre os restaurantes saberei de todos, frutos do mar e ilhas, barcos e ondas, eu sempre gostei do gosto do sal, da brisa violenta do mar, da areia grudando no corpo e dos peixes se movimentando livremente na imensidão, de repente também posso entrar nela, aí está a beleza do mar, quando a praia se divide em areia, água e céu: tudo fica infinito.
Quando você tira um pedaço do meu coração é o exato momento em que eu entristeço por coisas simples e sentimentos constantes em qualquer pessoa, como ciúme ou decepção.
Enfim, minha filosofia não ajudaria a ninguém, a não ser a mim mesma.
Eu acabei vindo até o Paraná, mas eu já subi até o norte no Brasil. Prefiro o Rio Grande do Sul.
Vi coisas lindas por aqui, cervejas, champgne e chopps, museus de cultura alemã, de conchas, clypeasteroidas, escar…