Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

Vivendo tranquila o domingo de manhã

Todo mundo tem seu domingo de manhã, mas cada um faz o que quiser com ele. Pelo menos 50% das pessoas dormem, 30% vão à Igreja e 20% desfrutam dele. É o que eu acho. Mas também não importa, o que importa é que eu costumava dormir, mas esse domingo foi bom, eu acordei, comi torrada e suco de laranja e estudei história. Tinha dormido treze horas seguidas.             Ontem deixei meu celular desligado o dia inteiro, eu ando sem humor pra nada, pra ninguém. Hoje ele também tá desligado. Talvez fique assim a semana inteira.             Eu estou bem apesar de tudo, mas ainda não posso dizer que não penso em vocês, porque eu penso. Às vezes relembro datas, momentos, ruas, luas cheias, músicas. Mas tá tudo bem, eu sobrevivi. Estou aqui, comendo torradas em paz. Óbvio que eu preferiria morar sozinha e cozinhar qualquer porcaria, tomar banho a qualquer hora e sair do box com o cabelo molhado cantando Gal Costa, mas não posso, ainda não posso.             Tive um sonho bom. Era até colorido, o que…

Minha bagunça organizada

Imagem
Eu quero me esgotar ao máximo só pra depois dormir como uma pedra. Eu quero na minha casa livros, almofadas, janelas grandes e paredes brancas. Também quero tapetes, CDs e algumas cortinas. Quero um altar lindo e cheio de flores. Quero um jardim, se possível, e árvores também. Senão, quero um parque por perto, e metrô. Quero um som pra colocar uma música calma bem alta e acender uns incensos e umas velas coloridas. Quero assistir TV no fim da tarde e passar café pra comer com bolinhos em crescente quentinhos. Um gatinho! Quadros na parede e uma bagunça organizada.             E então fumarei na janela vendo o sol se pôr. De calcinha e mais feliz do que nunca. Completly free. Podendo amanhecer na rua. Bêbada ou não.

Melhor sensação

Quando quero dormir, às vezes me dá essa vontade de escrever...  Gosto de fotos, gosto muito. Imagens e sons atraem os humanos. E eu não gosto do barulho do teclado na madrugada. Não gosto desses barulhos da noite. De noite todo barulho é maior, porque o silêncio domina todas as escalas sonoras possíveis. É tão difícil mentir no silêncio e às vezes parece até que estão ouvindo seu pensamento. A escuridão também dói. Mas vou falar de fotos, fotos são lindas, mas às vezes prefiro não tirar, porque é bom ter tudo na memória, mas considerando que um arquivo pode se perder, minha memória também pode falhar, então dá no mesmo. E sabe qual a maior demonstração de afeto do mundo? Beijo na testa.

metamorfose ambulante

Imagem

curiosos cliquem aqui

Imagem

O vestido certo na garota errada

Tenho que ir embora daqui. Tudo bem se eu ficar, mas mesmo assim será complicado. Preciso de um emprego. Eu sei, vou me foder de qualquer jeito ficando ou não.           Não aguento mais fugir, não dá mais, mas foda-se eu nem queria mesmo sair desse jeito. Às vezes penso que estou cega e que estou com a pessoa errada. Ele não é pra mim, e eu não sei por que continuo falando com ele. Ele é um cara legal, mas não é pra mim, ele merece muito mais do que eu, só ele que ainda não percebeu, justamente porque é um cego. Mais cego do que eu. A paixão cega de uma maneira incrível.          Sou uma caçadora, mas isso me faz sofrer. Eu queria alguém fixo. Bem, ele é perfeito, mas ainda sim não é pra mim. O fato é que ele se adapta a minha situação atual de vida. Essas proibições, essas faltas de possibilidades, de liberdade.          Eu tenho tantas possibilidades de vida, e a dele é a que mais se adapta, mas não é a que eu mais quero. “But Love is like the right dress on the wrong girl”, …

Quando se ama, as coisas fazem ainda mais sentido.

Imagem

Poemas para cavalos

Fui à biblioteca quinta-feira para devolver O Ovo apunhalado, do Caio. Ando cansada das pessoas que julgam Caio Fernando Abreu como um estereótipo romântico batido, assim como Paulo Coelho. Pode até ser que eles sejam uma espécie de “modinha”, mas não é bem assim. Por experiência própria posso dizer que eles me inspiram e são meus preferidos; fizeram e fazem parte da minha vida, eles entraram na minha cabeça e mudaram muitas coisas, me fizeram sentir coisas que eu nunca havia sentido antes. Eles mudaram meu pensamento sobre muitas coisas no mundo. Alguns podem afirmar que me mudaram para pior. Meu pai, por exemplo...             Lembro que quando eu tinha uns onze anos, e considerando o fato de que eu leio compulsivamente desde os nove anos, meu pai me disse que não era bom que eu lesse Caio ou Paulo, mas eu não comecei a lê-los por rebeldia ou para contrariar meu pai, porque afinal, lendo ou não Caio e Paulo, eu teria aprendido as coisas que eles mostram nos livros de forma adstringen…

Is this Love that I’m feeling?

Sabe, já chorei pra caralho por um bando de filho-da-puta. Mas na verdade eles não são tão filhos-da-puta assim, eu também sou uma filha-da-puta pra algumas pessoas. Eu machuco pessoas que me amam; e pior, elas me amam de verdade.             Então hoje eu conversei com a lua e relembrei todas as noites malucas em que ela me acompanhou. E eu não me arrependo de nenhuma merda que eu fiz, nenhuma loucura. Talvez porque eu tenha aprendido que não posso esperar por nada nem ninguém para ser feliz. Por isso, retomei meus trabalhos, minhas buscas espirituais. (Caralho, preciso de um cigarro agora!)             Ou talvez porque eu tenha encontrado alguém que me completa. Às vezes a paixão queima forte demais e deixa marcas. Eu gosto dessa minha paixão pacífica, em fogo brando. Ela me traz paz, porque eu escuto Bob Marley e sonho olhando para lua, enquanto queimo um e sinto a paixão queimar devagar e baixinho em meu coração, com poucas lágrimas e às vezes me pego sorrindo lindamente. E isso me …

Maktub.

Imagem
Então foi como se o tempo passasse, e a Alma do Mundo surgisse com toda a força diante do rapaz. Quando ele olhou seus olhos negros, seus lábios indecisos entre um sorriso e o silêncio, ele entendeu a parte mais importante e mais sábia da Linguagem que o mundo falava, e que todas as pessoas da terra eram capazes de entender em seus corações. E isto era chamado de Amor, uma coisa mais antiga que os homens e que o próprio deserto, e que, no entanto ressurgia sempre com a mesma força onde quer que dois pares de olhos se cruzassem como se cruzaram aqueles dois pares de olhos diante de um poço. Os lábios finalmente resolveram dar um sorriso, e aquilo era um sinal, o sinal que ele esperou sem saber durante tanto tempo em sua vida, que tinha buscado nas ovelhas e nos livros, nos cristais e no silêncio do deserto.             Ali estava a pura linguagem do mundo, sem explicações, porque o Universo não precisava de explicações para continuar seu caminho no espaço sem fim. Tudo o que o ra…

amor de primavera com vírgulas, reticências e parênteses, mas sem ponto final

colando os cacos do meu coração, tentando encontrar mentiras para justificar minhas ausências, gaguejando sem coragem de contar a verdade, perdida nas minhas próprias vontades, sem conhecer meus confusos desejos, sem saber o que realmente quero, explorando lugares desconhecidos, realizando sonhos confusos, experimentando a cumplicidade de um amor que foi plantado, que amou sem ver, sem amar, sem saber, amor doce e juvenil no acaso do destino nascerá na promessa do horóscopo de aquário, no início da primavera, buscando forças para sobreviver às palavras vãs do mundo, quebrar as paredes da falta de liberdade e voar através de um horizonte que tem fim, rompendo a timidez e trazendo lágrimas inevitáveis, porém sem traição, sem mentira, apenas um amor puro sem medidas, gerando um círculo que se quebrará na imensidão de uma vida inteira, nas despedidas que se seguirão, nos corpos que se encontrarão ainda desconhecidos e intocados, completando o quebra-cabeça do amor sem previsões nem plane…
Imagem
Tem tanta coisa pra arrumar, pra cuidar, pra refazer, pra desfazer.
Sempre essa desculpa de não ter tempo, sempre essa preguiça sem fim.
Eu só preciso tirar minha vida do pause em que ela está. Tirar a culpa de tudo, dos outros, de mim, da sorte.
Preciso meditar e deixar fluir as coisas que eu quero, que eu preciso, que valem a pena.
Deixar voar as coisas que não são minhas.
Parar de lamentar as coisas que não deram certo.
Buscar um novo caminho, um dia novo.
E fugir correndo dos filhos-da-puta.
E ver o amanhecer.
E fazer o que eu tenho vontade de fazer, parar de sonhar e não realizar.
Deixe que venha quem quiser vir comigo, que vá quem não quiser ficar...
Que o vento tome conta dos encontros e das despedidas.
E que toda essa confusão dentro de mim se transforme em lâmpadas acesas e pássaros livres.

Letargia

Imagem
Quero lentidão. Fala arrastada, câmera lenta. Entardecer eterno, céu azul. Um sol de fogo, uma lua de prata. Sono profundo, fumaça no vento. Lâmpadas fluorescentes e vagalumes sem luz. Quero noites sem fim e dias quentes. Amanhecer azulado, nuvens violetas. Cama de solteiro com dois dormindo. Quero areia quente e a brisa do mar. Grama verde, tempestade gelada com raios rasgando o céu. Quero perguntas, interesse, abraços. Eu quero um amor para cuidar.

Um dia dentro da noite

Imagem
Faltando mais um pedaço Do meu coração despedaçado Teu dia mais feliz Minha noite mais linda Meu amanhecer mais urbano As luzes mais coloridas Teu sorriso disfarçado Tua força bruta       Tuas palavras falsas Minhas esperanças perdidas Teu jeito selvagem Minha inocência perdida Tua lembrança doce Tua assassina despedida Minhas lágrimas são rio Nessas tuas promessas podres Nessas tuas mentiras corrosivas Nesses teus nãos Nessas tuas indiferenças Nessa tua alma infantil Nessa tua cega ignorância

A porta certa

Imagem
Então tudo mudou, e parece que agora vai dar certo.           E realmente eu não sei que é sorte, se foram os deuses, se foi Afrodite, o Cupido, o vento, a lua, as órbitas dos planetas. Não importa. O que importa é que te encontrei, mas não deveria estar chorando agora. Pelo menos essas lágrimas lavam minha alma, tiram a dor de dentro para depois preencher de felicidade.          Talvez eu tenha encontrado um amor, um pedaço de mim perdido no mundo.          Quero de trilha sonora um reggae lindo, como Is this Love por exemplo. Pra quê melhor? Na verdade qualquer reggae serve.          Eu gostei de ter me apaixonado por cinco características que me contaram e ter esperado três semanas para te encontrar, ali, bem na minha frente.          Às vezes parece que não valorizei esse momento, mas depois de tanto esperar pelo desconhecido não pareceu realmente importante, porque parecia que eu precisava disso, e eu vinha buscando um amor há nove meses. É bastante, e nesse meio tempo sem ti eu me pe…

Mulheres de uma noite

Imagem
Mulheres de apenas uma noite são o que os garotos querem.        Eles querem sexo e em troca oferecem carinho.        Elas querem amor, mas eles não têm. Eles não sabem, eles não buscam, não querem saber.        Eles pensam que é preciso comprar ou que nem existe. Eles amam suas mães. E só.        Eles querem corpo, novidade, acham bom. É só por uma noite. É descartável. É prático.         Elas querem que eles coloquem o cabelo delas atrás da orelha, que eles andem de mãos dadas, digam que elas estão lindas. Eles fazem isso, mas vão embora depois. Elas esperam uma ligação, um sinal. Esperam... Às vezes outras noites vêm. Ou não.        Eles não enxergam o futuro, não percebem o brilho nos olhos delas.        Elas querem um amor eterno (ainda que seja enquanto dure).        Elas choram, agonizam, desmoronam. Eles pisam, esquecem, abandonam.        Elas superam no momento exato em que se dão conta que tinham sonhos grandes para apenas um garoto realizar.        Eles se sentem só, arrependidos, qu…