Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

Foda-se

Imagem
Quero aprender a dizer não para não passar por pesadelos novamente, e acordar sempre assustada pensando que foi apenas um sonho e em seguida me deparar com a dura realidade e ter certeza de que é real, de que eu não posso evitar e que essa é a minha vida. É muito triste ter que encarar meus objetivos, cara a cara, quando eu nem ao menos os conheço direito, quando eu ainda não sei o que quero nem do que sou capaz. E é incrível como algumas pessoas cedo se dão conta do que querem, têm seus próprios objetivos enquanto eu fico afundada em meio a trilhões de caminhos tão distintos. Eu só queria ter coragem de fazer as coisas que eu tenho vontade, mas como vou fazer isso sem ferir os outros e sem ferir a mim mesma? Como posso ser sincera e dizer o que penso se eu posso por tudo a perder?
Já tentei mil coisas diferentes, experimentei estereótipos enquanto buscava a mim mesma. Eu só quero me conhecer melhor, mas é quase impossível quando se considera o fato de que eu tenho um medo absurdo de ar…

Estrela cadente

Imagem
Eu vi uma estrela sumir Foi culpa das nuvens Foi tudo minha culpa Foi tudo ilusão?
Eu com a minha mania de dormir Com um gato branco no colo Deitada na grama Eu perdi a visão?
Tentei ver de novo O cinza me cegou Moveram-se devagar Pensei: logo sumirão
Minha estrela fugiu E depois saltou de nuvem em nuvem Desmaiou de cansaço Era só um avião?
Esqueci minha estrela Caí no sono outra vez O gato morreu de câncer Só restou o som da minha televisão

Não faz mal nenhum

Imagem
Eu sei, é tolice. Tudo que eu fiz desde o início é tolice. Estava claro que não daria em nada, foi só uma desculpa para continuar com meu drama de cada dia. Até que eu já estava sentido falta dele na minha vida, porque depois de ti, eu pude sentir de novo a paixão, um novo amor sempre traz coisas como mãos tremendo, pensamentos longes, sorrisos que nos saem do nada, coração saltando para fora do peito. Eu pensei que tão cedo não voltaria a sentir isso tudo de novo, que eu não faria coisas sem pensar, não quebraria regras, não teria cara-de-pau para isso. mas eu faço isso todos os dias, de novo e de novo, mesmo que eu prometa para mim mesma: "Eu não vou fazer isso". Eu acabando não resistindo e por mais que eu tente sair de perto, eu não posso evitar, é como uma droga. O amor é exatamente isso, uma droga: no início nos dá prazer, depois já começa a nos enfraquecer, nos traz, na abstinência, tremores, falta, dor, nos dá uma sensação de não ter sentido nossa vida, não ter…

Na tua ausência

Imagem
E eu prometo não esperar por nada mais Além de palavras secas, risadas falsas e indiferenças Eu queria ser indiferente Mas não consigo Se eu vejo onde tu estás, logo corro disfarçando Parece ridículo, mas é trágico Eu não posso evitar Que meu coração bata mais forte Que a minha boca seque Que a minha respiração fique mais lenta na tua ausência

Una cualquier

Imagem
Si en algún momento darles las caras
Com hadas, ángeles o diosas
Pido que repenses sobre belleza y alas
Para que no encontres brujas locas

No quiero que te pierdas entre sus pelos
Ni te mueras dentro de sus trampas
No deseo que te quedes enredado
Ni te olvides de tus sueños de niño

Aúnque no tengas nadie
No debes dejar que te lleven la inocência
Y aúnque no tengas a mi
Y ya no puedas sanar mi dulce ausencia

No te dejes engañar por una qualquier
Ni te romper por diablas soriendo
Que aúnque yo aún no sea una mujer
Ya puedo te sentir aquí adentro

16 anos

Imagem
Meu aniversário de 16 anos :)
Bom, nada demais, tudo normal...
Mas acordei de tarde com uma música que estava tocando no rádio: "mudaram as estações, nada mudou, mas eu sei que alguma coisa aconteceu, tá tudo assim tão diferente..."
Eu me sinto exatamente assim...

Porta entreaberta

Imagem
Eu te esperei dias inteiros, mas não te vi. Nunca te vi. Tentei abrir as portas, mas estavam trancadas. Bati, ninguém abriu. Eu pensei que poderia entrar assim, sem bater. Mas estava tudo trancado. Eu tinha esperança que a porta estivesse entreaberta, que eu poderia entrar, bagunçar tudo, eu prometi não destruir nada. Também não quis amedrontar. Eu só queria entrar, sem avisar. Fazer uma surpresa. Mas todas as portas estavam fechadas. Tudo bem, eu prometo não encomodar mais. A partir de agora vou agir como se tudo que aconteceu fosse apenas um sonho louco. Daqueles que a gente acorda e logo esquece... Daqueles que não fazem a menor diferença. Como fantasmas que sabemos que não podem nos ferir. Não são reais, não são tangíveis. Pura ilusão.

Os cinco sentidos

Imagem
“O que desperta os cinco sentidos e mexe com todo o corpo ao mesmo tempo é o sexo.”, me disse um amigo uma vez, há uns dois ou três anos. E esse assunto está por todos os lados. É um fato, todos sabem que sim, que é verdade. Tato, olfato, visão, audição e paladar. Todos seles se resumem em um sentido: o sexo. E por que considerar o sexo um sentido? Porque nos faz voar, desperta em nós uma parte que não conhecemos, que de tão natural é celestial, que arrebenta em fogo, que mexe com a alma, com o corpo, com a mente, sem tocar em nada, somente um vazio, um vazio completo, cheio, preenchido. É pura antítese, puro prazer. Um prazer que não se explica, só sabe quem sente.Sexo é uma selva de epiléticos, como na música Amor e sexo, de Rita Lee. Começa devagar, pondo todos os sentidos em alerta, um por um, bocas, braços, pernas, barrigas, olhos, mãos, aos poucos se unem, se enlaçam, são um só. Depois se encaixam e lutar para se aproximarem cada vez mais e aí vem a melhor parte: O clímax. Aí tem o…

Cavalos Selvagens

Imagem
Brida novamente. E por quê? Porque me faz sentir melhor, porque tem conteúdo, coisas que sabemos, mas precisam ser mostradas por alguém. Deus! Alguém que nos faça enxergar! A ideia é simples, essa que fala dos cavalos selvagens. Cavalos selvagens são nossas emoções, que explodem, em qualquer momento, em qualquer lugar, porque fazem parte de nós, mas são incontroláveis. Muitas vezes as escondemos, mas elas permanecem ali, dentro, ainda que caladas. Nós sabemos que elas mudam, mas que sempre estão ali, TODAS ELAS. E que basta um passo para despertá-las, e elas correm e se formam lágrimas, sorrisos, beijos, gritos, tremedeiras, desejos, fascínios. Todos os sentimentos são cavalos selvagens, que correm, lindos, livres. Nos fogem do controle às vezes, nos transformam em completos idiotas na frente dos outros, porque não podemos deixar que vejam nossos olhos úmidos. Não. Seria um erro, nos perguntariam o porquê. E nós não responderíamos, nos repreenderíamos, ficaríamos mudos. Novamente viria a …

Doze atos de amor

Imagem
Eu vi o amor em teus olhos Eu senti o amor em teu corpo Eu bebi o amor em tua boca Eu toquei o amor em tuas pernas Eu abracei o amor em teus braços Eu ouvi o amor em teus ouvidos Eu sofri o amor em teu peito Eu amei o amor em ti Eu vivi o amor em mim Eu matei o amor sem ti Eu quis o amor para mim Eu morri de amor por ti

Chuva de verão

Imagem
Ai, que doces essas chuvas de verão. Fazem-me esquecer de tudo, fazem-me perdoar tudo, fazem-me acreditar em tudo. Renovam-me por inteira, reciclam-me. É lindo ver o céu mudar em poucos segundos, do azul para o preto e ficar num laranja celestial inexplicavelmente lindo. Quando parece que de um lado o mundo vai acabar e do outro é só um azul celeste. É verão, e só no verão se vê espetáculos assim.

Um gato, uma cama.

Imagem
Tudo que me faria feliz se resume em duas coisas: uma cama e um gato. Se eu pudesse passar toda minha vida assim, deitada com um gato, em qualquer lugar, em qualquer hora do dia ou da noite, eu poderia dizer que eu seria feliz e completa. Claro, a noite é melhor, mas quando amanhece ou anoitece também é um charme. Coisa boa sair de casa de noite e pegar um gato no colo, no frio da madrugada e ficar com ele ronronando. É tão bom ouvir um gato ronronar e senti-lo fazer carinho na gente. Deixa-me tão feliz. Parece que tudo faz sentido mesmo sem fazer sentido algum. É um momento de contemplação, prazer. É quando o coração fica leve, mas pulsante. Corpos quentes sentem-se vivos. Estão respirando e estão em contato com o mundo, com a natureza, com o universo e não estão sozinhos. Completam-se. Esse é o segredo da felicidade, pequenos momentos que nos façam completos, que nos dêem a impressão de que não existe nada melhor para fazer além daquilo e que poderia passar horas do mesmo jeito, antes …

Sonhando acordada

Imagem
Sabe aqueles momentos em que estamos quase dormindo e parecem que nos sussurram algo ao pé do ouvido? Quando parece que ouvimos algo, mas é tudo ilusão, sonho? Quando estamos quase sonhando acordados. É nesse momento que nossos fantasmas se despertam e vêm em nossa mente memórias, canções, cheiros, sonhos, coisas abstratas, inexplicáveis. É nessa hora que tudo vira poesia, de coisas comuns, mas que nunca serão compartilhadas, de frases soltas que podem até ser geniais, mas que a gente acaba não lembrando no outro dia, por mais que saibamos que “tínhamos que fazer algo”, mas que esquecemos. Esquecemos porque faz parte de nós, mas nos escapa aos dedos, esquecemos porque é pura magia, não nos é permitido entender a língua dos anjos, não sabemos falar, somos humanos. Se não estivermos com uma folha de papel do lado antes de dormir, perdemos nossos pensamentos, eles acabam voando para longe sem nos dizer mais nada. Abandonam-nos, pois são livres, vão embora quando bem entendem sem dizer par…

Quando você quiser saber alguma coisa, mergulhe nela.

Imagem
 " Levantou-se e foi até a janela do seu quarto, olhar Dublin adormecida.      Lembou-se do seu pai, que costumava fazer isso quando ela acordava com medo. A lembrança trouxe de volta uma outra cena de sua infãncia.      Estava na praia com o pai, e ele pediu para ver se a temperatura da água estava boa. Ela estava com cinco anos, e ficou contente em poder ajudar; foi até a beira da água e molhou seus pés.     "Coloquei os pés, está fria", disse para ele.      O pai pegou-a no colo, caminhou com ela até a beira do mar, e, sem qualquer aviso, atirou-a dentro da água. Ela levou um susto, mas depois ficou contente com a brincadeira.      "Como está a água?", perguntou o pai.      "Está gostosa", respondeu.      "Então daqui para frente, quando você quiser saber alguma coisa, mergulhe nela."
                                                       (Brida - Paulo Coelho)

     Sempre tinha na minha cabeça que ler Paulo Coelho era uma coisa meio, mmmmm, co…