Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

sintonia também é causada por opinião contrária.

Toda aquela fumaça densa, meio quilo do novo, ele dizendo o quanto me ama e falando sobre coisas bonitas, dizendo que eu não posso andar de short pela casa porque tem muitos homens lá. Expliquei a ele que não é bem assim, ele vai ter que aturar meu feminismo, ele falou das minhas foto novamente, fiquei muito brava e só consegui ouvir a voz daquela girafa de olhos verdes na minha cabeças. Me disse que eu não deveria ter dado maconha para a mãe dele. Ele disse que sou Ruby, a namorada perfeita, igualzinha a do filme. Preciso escrever um conto pornô sobre aquela noite. Ele é o namorado perfeito, ele me deixa carregar e fumar por dia trinta gramas à vontade, divide a comida na mesma quantidade, ele não acha que como menos porque sou mulher, bebe menos porque sou mulher ou fumo menos. Ele acredita em mim. E é claro, ele faz amor antes de dormir e quando acorda, às vezes mais de uma vez. E esse é o tipo de coisa que eu admiro nele. Eu consigo enxergar as coisas nos olhos dele e ver verdade.

Mudei meu conceito sobre o que tá correto...

Não acho que nenhum deles sabe o que eu devo fazer com a minha vida. Não conseguem nem viver a deles direito. O que é certo? O que é errado? Respostas rasas não me machucam, mas me fazem pensar ainda mais.
Não importa quantas vezes ele repita o nome dela, não importa o quanto o cabelo de A. é lindo, e nada será da mesma maneira na minha mente, sempre sei quando estou errada e então, nunca sei lidar com isso. Não é maldade, é costume, tensão. Eu esqueço que todas as vagabundas existem, quando ele chega e me dá milhões de beijinhos no corpo, e quando me entrega um tijolo pra fumar. Para de me fazer sentir culpada, porque senão não sobrará mais nada e eu não terei remorso, porque já nem lembro deles mesmo, porque deveria algo pra ti? Preciso de roupas novas, preciso dar um jeito de exterminar a porra do natal, não irei aguentar, acho que vou me trancar em algum lugar, e acho que todos sabem como é esse sentimento, família e toda essa merda, presentes, perus, falta de provacidade, de p…

O silêncio sustenta as boas convivências

Eu amo as pernas secas dele, como as daquele rastinha branquelo crackeiro, eu gosto de observá-lo se movendo devagar e a forma com que ele acende um baseado me emociona, e emociona a mãe dele, só nós duas sentimos isso.
Tentando me impor uma maneira diferente, lembrar o que ela pensa sobre esse tipo de atitude. Sei bem o quanto eles se esforçam pela minha companhia e atenção, mas todos têm a sua vez de rejeição.
Eu estava apenas tentando por a minha cabeça no lugar, mas ainda não sabia direito o que isso significava. Mulheres... Quantos problemas causavam, eu já nem as queria por perto.
Eu odeio a maneira como ele pronuncia o nome dela, talvez seja porque ela é o meu estereótipo de beleza perfeita, ela não poderia pelo menos ser loira? Não consigo dizer que ela é feia, que merda. Nada pode ser mais terrível para uma mulher, incrível como nossos parâmetros são os mesmos, meu rastinha. O orgulho que ele tem de ter estado com ela é irritante. Mas querido, também tenho esses orgulhos marc…

refúgio

Ninguém consegue ver meus planos finais, então julgam minha jornada.
Tivemos nossa segunda briguinha, ele com ciúmes do meu primeiro pretinho da cidade e eu confessando, quase chorando, fingindo estar bem, transformando tudo em raiva e dizendo que tenho muito ciúmes da girafa, ele diz que não precisa mesmo, achei bonitinho. Mas meu sentimento não mudou, ainda quero que ela morra.
Ele comprou uma fantasia de pirata para eu usar na cama, meu nego me adora.
As cartas sussurrando coisas no meu ouvido.
Churrasco todos os dias.
Ele se preocupa comigo como seu eu fosse uma criança.
A minha dificuldade de interpretar o baralho para mim mesma é impressionante.
Estou assustada com tudo e confusa.
Com medo desse Natal.
Quero ver se consigo refugiar-me na casa dele.
Después de las fiestas Y cuando todo el mundo se iba
y nos quedábamos los dos
entre vasos vacíos y ceniceros sucios,

qué hermoso era saber que estabas
ahí como un remanso,
sola conmigo al borde de la noche,
y que durabas, eras más qu…

O poder do Príncipe da Paz

Assim como há algum tempo segui a Bíblia e suas palavras proféticas, a mãe dele o chama de príncipe e eu também. Mas o chamo Rasta, proveniente da língua etíope, Rastafari, o príncipe da paz.
Os sete chacras do meu corpo, cada um ligado em um dread meu. Toda a guerra do mundo, nunca mais escravizarão meu povo.
Ele disse que eu fico sexy fumando um cigarro e usa de um romantismo autêntico, mas com um ar clichê, para me conquistar todos os dias. Se deita e se espreguiça, um leão no fim de tarde, me olhando e sorrindo, toda a coragem e grandeza dele fazendo meu corpo tremer de espasmos na cama, ninguém pode dizer que não é real para mim.
Continuamos escravizados pelo sistema.
Um mês de namoro e ele comprou uma pizza gigante na pizzaria mais cara da cidade.
Fumo tanto e nunca caio, haja homem perfeito para sustentar todos os meus prazeres, vulgo vícios.
Estou livrando-me do ódio pela girafa de olhos verdes, mas ainda tenho medo, pois leões devoram, adoram e comem girafas, e também vivem n…

Meditação para sobreviver ao caos

A cada dia meu ódio por aquela vagabunda aumenta. Ai, ai...
Estou em outra missão agora e ninguém entende, mas até meu pai me procurou.
Queria que ela tivesse trepado com ele só para me dizer se o tamanho do pau dele vale a pena.
Quilos...
Alguns tipos de branquelos deveriam bloquear os tímpanos para o rap, não merecem escutá-lo, não adianta nem vir se exibir para mim.
Pensando bem, talvez eu não preferisse a mim mesma do que a ela, se eu por acaso fosse ele. Entretanto, eu com certeza já fodi com os melhores, o valor deles é muito maior do que todas as putas que tu já comeu juntas.
Continuo querendo que ela morra e sinto meu pretinho distante de mim, percebendo que não posso escolhê-lo. Nunca pude...
Rodamos a cidade atrás de um oitão. Não dá para morar na norte porque ele já atirou em dois deles.
Há um momento em que todos estamos deslocados, e eu queria muito que o comum estivesse presente e não esse admirável mundo novo. O sonho americano é um pesadelo. Ninguém nos salvará da deca…

Observações sobre nossos desejos.

Nós só queríamos paz, mas não temos. Não plenamente, mas quando deitamos e dormimos sabendo que fizemos o melhor com tudo que tivemos acesso. Coisa que branquinho não entende. E então, nós adoramos estar na natureza, fugimos com classe de multidões, apreciamos as mulheres, e quando ele fica um pouco quieto eu desconfio, quando eu fico quieta, ele me chama. Não falo com meus pais há meses. Hoje é aniversário da minha mãe.
O que queremos de verdade são carros, uma casa enorme, com tudo dentro, geladeira cheia, roupas bonitas. Mas no fundo sabemos que nascemos para ser os fuleiros que somos e honrar toda essa merda. No fundo, ninguém sabe direito pelo que se apaixonou e os dias passam sem que eu faça nada além de ler, trepar, comer e fumar maconha.

Destinada ao WS

Fiz uma lista das coisas que quero comprar, mas se o fizer não sei se poderei pagar o aluguel do mês que vem. Nunca mais quis alisar meu cabelo e sei que ela nunca será melhor do que eu. Duvido que saiba fazer as coisas que eu faço com a bunda, mas com certeza, ela é boa com o nariz.
Ele me levou para um lugar lindo, atravessei uma ponte com as pernas bambas por causa do medo de altura. O barulho alto do rio, as pedras, os bases. Muitas pessoas ainda me tratam mal e eu odeio muito a burocracia.
Todos os detalhes perfeitamente a mostra e eu buscando respostas sobre a vida. Não existe isso.
Todos aqueles manos com ele no palco cantando, eu estava tão longe, mas sabia que todos eles estavam ali, meus pretinhos e meus branquinhos, e senti orgulho deles e de estar viva ouvindo aquela rima pesada do leste de São Paulo.
Meu rastinha gosta de fazer amor olhando no espelho e eu quase desmaio, espasmos incansáveis, me rasgando como lâminas de prazer, king size, toda minha delicadeza brutalizada…

Carinho se dá pra quem merece

Lembro de uma vez em que estávamos no alto e ele olhou para a cidade e perguntou o que seria de nós sem maconha. Eu não respondi, sabia que ela não acabaria nunca, porque ela vem da terra, então eu sempre digo sim.
Meu pretinho jogou toda a culpa sobre mim e eu não soube o que dizer, eu apenas escutei-o dizer o quanto gosta de mim e eu não gosto, o quanto o pau dele é pequeno, e que não vou ficar com ele, mas sempre fala de nós com eternidade no olhar, relembra cada detalhe, pede um cafuné, me pergunta porque ainda não pedi a ele para colocar a música. Um dia eu só quis ele, mas ele não me quis. Um dia ele me quis e eu estava com outro. Depois se afastou de mim, merda, por que os homens são tão complicados? Me convida todos os domingos para almoçar na casa dele.
Não posso pretinho, eu não posso, entende??? Não ponha culpa na leste, pare de me fazer chorar toda semana, cante em todos os eventos da cidade, coma mais do que eu, roube meu dinheiro, beba garrafas e me culpe pela infelicida…

manchete: vírus amor me deixa de cama

Quando percebi estava ali com ele deitado na minha cama, dizendo que sou a Naomi Russel no sexo, tirando fotos de mim nua, fazendo um vídeo do meu trabalho. Como eu queria poder acreditar que a vida seria boa só com ele, cheirosinho, tomando banho comigo, dessa vez não o deixei sozinho. Pedindo para que eu beijasse o pescoço dele, me cansando no meio da tarde, eu não aguento esses pesos.
Tenho escrito absurdamente mal.
Eu tenho estado irritada, autodestrutiva e eu sei as razões. Foi como se tudo estivesse acontecendo novamente, ele não para de falar naquela puta na frente de todos e dizer o quanto ela se machucou, não suporto ouvir o nome dela, lembrar do quanto ela é estonteantemente linda, com pernas perfeitas e longas, e eu sempre fui ridícula assim. Então continue vendendo erva pra ela, porque eu não vou ajudar a empacotar nada, espero que ela nunca apareça na minha frente, mas não me diga o quanto eu gostaria dela, porque eu tiro todas as coisas de lugar no meu quarto quando lemb…

Eu não deixei ele segurar a minha mão

O prazer dos cigarros infinitos