Conversas Insolúveis

Eu particularmente acho que ninguém deve misturar no trabalho opiniões pessoais das gerais.
Cada um pode livremente interpretar as coisas à sua maneira, sem ser julgado de forma alguma, eu só acho que é muito diferente manifestar sua opinião para seus amigos por exemplo e em seu trabalho seja ele qual for, mas principalmente se trabalhar com o público. O público julga. Pensa. Ignora. Faz mil coisas. Mas o coadjuvante não deve manifestar opiniões cruas, piadas, pedantismo ocasional, risos inconvenientes, conversas paralelas  e outras parnafernálias.
Não se deve deixar isso se tornar uma chatice total, monótona. Mas de repente as opiniões no trabalho devam ser manifestadas minimamente, sutilmente, ocaionalmente, dependendo do trabalho, é claro.
É porque ás vezes o ambiente fica pesado, os risos amarelos, os olhos arregalados, a boca seca, e isso com certeza estraga tudo. Ou quase tudo.
O fato é que `as vezes as opiniões paracem até mesmo erradas se muito enfatizadas, assim, incansavelmente. E talvez o nome dissse seja bom senso. E uma pitada disso em tudo na vida, com certeza muda tudo pra melhor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa