OBSESSÃO


Vejo em teus olhos
Uma sedução desmedida
Na qual não posso tocar

Sinto os movimentos
Mas só depois de acontecer
Tão longe está
Meu lugar onde tu vives

Nunca fui lá
e nunca irei
O nada é longe
Não é real
Não vejo, não tenho, não conheço.
Esqueço.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa