Muito para o meu final feliz.


     E eu sabia que seria assim, mesmo tendo me iludido no início. Foi muito rápido, perdi o controle... Eu na verdade nunca tive controle nenhum, foi insano, passional, apenas isso. Ninguém teve culpa, mas não posso dizer que me machuquei sozinha, porque você provocou isso. E por que? Porque você não me conhece, não faz ideia de quem eu sou, dos motivos por quais eu faço as coisas que faço, e de porque minto coisas sérias.
     Me comportei mal, perdi o romantismo, eu que sempre defendi o amor, fiz tudo errado, estava desesperada... E agora não sei o que fazer. Por que diabos me meti contigo? Eu também não te conhecia, e por isso deu tudo errado, fomos rápido demais. Eu sei que poderia ter dado certo se tu se comportasse diferente e percebesse o quanto eu fiquei apaixonada, mas não... E do que importa isso pra ti? Tu já conseguiu o que queria e é provável que tu nunca saiba a verdade. Eu só achava que era tão perfeito, mas era muito pro meu final feliz. Nunca deu certo pra mim mesmo, eu só pensei por uma momento que pudesse dar, porque há uma semana atrás estava tudo bem. O problema é que eu estraguei tudo. Mas ainda tenho esperança que um dia dê certo. Foi necessário pra mim, no fim das contas não foi um erro. Foi especial. Foi inesquecível. Mas sai machucada, porém não é o fim do mundo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ultraviolência

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Arco-íris e Tristessa