Por que ele matou 50 pessoas?


Não sei como diabos ele conseguiu meu número novo depois de quase um ano. Foi engraçado, eu estava muito fora de mim, tinha fumado uma vela. Me sentia com Anaïs Nin e sabia fazer meu negócio. Sei que parei de fumar, mas fumei três cigarros dele. Precisava fazer meu trabalho: escrever. Antes eram os meus negos que roubavam meus cigarros e agora eu que roubo os deles. Eu sou foda. Ele está mais rico e brilhante, mas perdeu um pouco da mágica daquele tempo. Um pretinho por dia! Como eu consigo isso?

 “Por que ele matou 50 pessoas?” Diziam no noticiário... E eu escutava longe e todas as nossas roupas estavam no chão, o sofá sempre foi o melhor lugar, iniciantes!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa