O diabinho que domina nossos sonhos

Andávamos caçando a erva por aí e observando onde os melhores se escondem. Diretamente da zona norte, entrando na zona leste, assassinando todas aquelas vagabundas, porque os tivemos depois, mas não queremos abandoná-los assim. Nada melhor do que vê-lo passando com as asinhas vermelhas, seu tritão, todo ele pegando fogo, nos incendiando junto com ele, na melhor cor, a perfeição,  queremos sequestrá-lo e escravizá-lo, morder a barriga dele, queremos que ele cozinhe para nós e faça sexo a hora que quisermos, nosso melhor colírio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tango, sangue e revolução

(pre) tensão

Pensé que iba a haber fiesta