O coelho com o relógio me persegue outra vez.

Como o meu pretinho aquariano, eu também preciso apenas de caneta e papel para dizer o que eu quero, exatamente da maneira que quero. Espero que nossa arte seja mais reconhecida e bem paga, ou eles acham que nossas ideias não valem nada e não temos contas para pagar?
Quero dar o CD a ele, autografado pelo Eduardo, a facção foi desintegrada, e então ele me dará o lenço vermelho, então honraremos as bandanas, W+N= <3 e vou colocar no meu cabelo e jamais saberei o que fazer depois, comigo e com os outros, com as coisas...
Tentativa de equilibrar o tempo: falhou.
O coelho me olha com olhos vermelhos, segura o relógio e me chama...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa