Olhos oblíquos brilhando buscando resultados

Fui fiel a mim mesma e acabei traindo a mim mesma, falta de visibilidade sempre foi o problema das melhores ideias.
Derrubando cinzas de cigarro sobre o teclado como Camila Jam. Acendo a meia-luz. Minha professora preferida gostou do que falei sobre Carolina Maria de Jesus. Estou louca para trabalhar em cima disso, não tenho mais nada melhor para fazer, cada dia me dá mais fome de tudo, ouvindo as vozes das minas lindas rimando e amanhã vou comprar um relógio pra ti. Espero que a vizinhança nunca saiba meu nome que sempre fica assinado no ar atmosférico. Ansiosa fumando muitos cigarros. Ninguém mais lê essa merda mesmo... Sinto minha voz sufocada pra exposição, ninguém sabe mais de mim. Tenho tempo e pressa ao mesmo tempo, eu sei. No momento em que muitas coisas passam pela minha cabeça e fico mergulhada em mim mesma e muitas artes, sei que não tenho mais explicações, apenas sigo narrando, pois me dei férias, essa semana não consegui lidar bem com todo o exterior. Não tenho disposição para falar de nenhum deles mais... Meus olhos brilhando em conexão com mulheres-espelho - que são fantásticas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa