Você não me impressiona mais

Senti como se já não pudesse mais suportar, não importava para que lado eu corresse. Meus pés no chão molhado pela chuva, fumando com a janela aberta observando toda a chuva caindo sobre mim e eu sem paciência para responder suas palavrinhas de amor e minha cabeça girando por todas as coisas que já me disse e minha imaginação montando as cenas erradas. Não atendi o telefone, todos me enchendo o saco, não queria estar disponível para nada, queria que todos medissem suas palavras indelicadas e frases mal feitas. Olhava para o quarto e as paredes brancas me engoliam porque meus olhos estão cansados sem óculos. Minhas memórias estão todas manchadas e a fumaça não me deixa ver direito e ninguém vai pagar pelas minhas palavras desconexas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ultraviolência

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Arco-íris e Tristessa