Não há paz sem guerra

Quem diria que estaríamos tão próximos e tão distantes. Confesso que passei pelas ruas e lembrei de nós, em cada estrela eu fazia um pedido. Queria gritar, mas não podia, cheguei na Chácara e fiquei pensando em por quê estava ali se são iria vê-lo, se quem sabe ele nem quisesse me ver mesmo, nunca mais falou comigo, pretinho. Mal lembro da última vez que falei com ele, nem sei quando fui a última vez que o vi, mas de vez em quando encontro-o pelas ruas.
É uma pena que não me queira mais, quantos erros cometi, se soubesse o quanto me faz falta e o quanto me custa dizer isso, mas eu também já me fodi tanto, hoje estou tranquila comigo mesma, sabendo que só faria a coisa certa. Um aquariano tão perfeito, como pude deixar escapar por repetitivas vezes.
Me pergunte quantas vezes eu deixaria isso acontecer novamente que eu direi certamente nenhuma, meu bem. Não é possível se machucar tanto no amor, me diga o que fazer, Eu tive medo, eu tomava lamotrigina, tem ideia da mistura disso em um corpo pequeno e frágil como o meu? Não sei como explicar, não sei nem mesmo o que dizer ou fazer.
Saudade de um cheirinho que só eu sei de cor. É uma pena que eu seja tão ruim assim...
Lembre daquela música e saberá que eu quebrei uma promessa, não fiz o que disse que faria, talvez porque não tivesse onde morar e estivesse um tanto confusa. Tenho tantas coisas novas para contar, tanta coisa para conversar! Apenas seque minhas lágrimas como da última vez que tudo estará bem... Essa é a única coisa que me prende nessa cidade. Um bom sobrevivente da rua sempre sobreviverá em meu coração. Tire-me de meu marasmo cotidiano. Arranque minha paz de mim. Há muito de amor e sangue em nós. Seja meu leitor voraz e todo meu amor derrete nessa tarde de janeiro e não há nada que eu possa fazer para deter isso em mim e eu nem quero fazê-lo, na verdade.
Repare que esse jogo é perigoso, eu apenas preciso dizer que milhões de vezes quase que implorei para que viesse me ver, mas hesitei, pensei que já não tinha interesse. Muitas vezes quis dizer que já não aguentava mais de saudades, parecia que ia explodir, lágrimas vêm aos meus olhos e parece que nunca nada mudou, apenas perdemos nossas almas. Diga que não sente minha falta e estará mentindo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ultraviolência

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Arco-íris e Tristessa