também estou sob uma brisa boa

Você desperta minhas ideias literárias sobre mim mesma de uma maneira única e emocionante, morena de olhos verdes de santiago que é um talento da literatura contemporânea pra mim, o qual acompanho, no brasil dos meus sonhos, nos blogs disseminadores de cultura, mesmo que a palavra soe pesada, nega. Assim como acompanho a literatura do meu arco-íris lindo em blog, da mesma forma que acompanho clara averbuck desde a década de 2000. Sei que às vezes nos expomos bastante, mas nada disso tem preço, nossa sede de voz convence qualquer um e o estrago é grande para boa parte dos interlocutores. E isso pouco tem a ver com pêucheux, orlandi ou foulcaut. Isso tem mais a ver com aquela noite em que nos beijamos no pô-do-sol e ficamos esperando o teu ônibus e não o vimos chegar.
Às vezes me perco em resumos sobre o círculo de estudos linguísticos do sul, jornada acadêmica integrada e psicolinguística. Sempre me encontro na literatura barata que comprei dom quixote parte dois e as mil e uma noite ilustrados e mais uns três livros de poesia, clássico e ensino de literatura brasileira por vodca e refrigerante.
Adoro fica deitada com minha gata preta de bruxa, brisa, que sobe no telhado e fica miando sem parar. Ela ronrona lindamente.
Fiquei um pouco (im)pressionada com a voz do eduardo taddeo na literatura que passei a ser um pouco mais antropofágica em meu movimento.
Você em meus sonhos, rasgando meu coração, ele em minha cama, arrancando suspiros de mim todos os dias. Infelizmente perdemos o acesso, conexões se quebraram em meu movimento antropofágico. Porque não faz mais diferença o que eu penso sobre isso. O amor desse caso tornou-se tão caro que nunca poderei comprar.

Comentários

Postar um comentário

Argumente.

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa