la naranja mecanica

Estava como Alex, de laranja mecânica. Talvez eu tivesse me tornado uma laranja mecânica por causa do sistema realmente, e hippies da rua me dizem que preciso de manutenção, mas cobram muito caro para isso. Senti que vi o pretinho na rua, ouvindo música, mas não sei se era ele realmente, se fosse e ele me olhasse nos olhos, talvez eu tivesse o convidado para entrar e não estivesse escrevendo isso agora. Coisas da vida.
Deixei o rastinha para fora, pois ontem passei muito frio para vê-lo e não o encontrei. Não tenho comido nada e estou relapsa com tudo. Caminhei pela cidade inteira e sigo enfrente sola.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa