Verbo foder

Então continue me julgando da cabeça aos pés quando derrubo suas coisas, que para mim pouco têm valor, eu seguirei me fodendo não é isso que mandaram eu ir fazer, me fodo muito, a todo momento, continuo fodendo mais que vocês, estou como diz na música: assando tortas com meu amor e ficando chapada com meu amor. E então quem me foderá? Estou conjugando esse verbo de todas as formas possíveis e mesmo que nunca seja tarde, eu mesma comprei meu fracasso, paguei caro por ele e jamais devolvem o dinheiro, mesmo que isso pareça divertido, gosto de pensar que faço isso melhor enquanto todos os móveis estão mudando de lugar e continuarei morando na zona vermelha, diga-me o que enxerga quando olha para mim quando está secando minhas costas, subindo e descendo, quem conhece sabe o quanto machuca o fim de tudo isso, vezes seguidas com veneno mortal brotando dos meus poros, eu nunca prometi que o final seria feliz. No início pensei que poderia ser, mas o verão sempre acaba... Sua voz costumava melhorar meu humor quando estava viajando daqui para lá, você desistiu de mim, nunca mais repita que fui eu. Observe-me de longe no lugar mais lindo da cidade, subi lá no alto, pude ver tudo completamente, sussurre em meu ouvido que eu talvez possa valer à pena, me surpreende quando diz sim. Meu quarto pegaria fogo se eu tivesse minha última chance, pena que me fodo.
Todas las palabras que dijimos y los besos que nos dimos... Como siempre hoy estoy pensando en ti...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ultraviolência

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Arco-íris e Tristessa