Emocionalmente agressiva

Nenhum canal da televisão parece me interessar, então sigo assistindo desenhos animados. Não há nada que faça parar minha dor de estômago, a qual ainda não descobri a razão. De qualquer maneira, choro à noite e não há nada que você possa fazer para fazer minha irritação parar, nem mesmo um beijo seguraria minhas lágrimas, pois afinal minha infância jamais voltaria.
Estremeço ao ler o que a morena de olhos verdes comentou no blog e percebo que nossos olhos baixos nada escondem nossa imensa vontade de viver e morrer constantes. Os dias parecem quentes, mas por dentro sigo fria, desorganizando minha mente supostamente complexa para ver se encontro alguma força motriz.
Não sei direito o que fazer, mas as coisas que faço parecem um pouco certas, porque eu nunca quis levar a morte tão a sério, quero apenas naturalizar a morte e a vida, sou aquariana. Meus pensamentos longos e distantes estão profundamente engajados para o bem, mas não há maniqueísmo na história. Como é bom escrever sem pressa e com um livro do buk ao lado, parece que faz circular uma energia com impacto sexualmente bom.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa