Ganos y ganas

Pedaços de mim estão perdidos pelas ruas e não voltam mais, não por enquanto. Se perderam num boeiro de avenida, sujo e fedorento.
No entanto, você ainda é o meu maior amor, porque assiste ao filme onde andará dulce veiga? comigo, e isso é lindo como um conto do cortázar, sí, voy a perderme en argentina, porque la vida me podrá sonar buena, fantástica y poética. Tenho certeza que caio me guiará. Mesma terra em nossos pés.
Cervejas não tem tanto impacto quanto meu sentimentalismo simples e complexo ao mesmo tempo, há uma bagunça total em minha mente confusa, drenando o surreal a ponto de me surpreender com o decorrer de minha história solitária. Aliás, o amor perdido é como uma cerveja quente.
Minha margem será transgredida e de alguma forma o mundo será meu. A Américas dos índios, dos gaúchos e dos pampas estará sempre viva, pronta para ser explorada ainda mais. Meus sonhos sempre se confundem com a realidade.
Eu brigo e às vezes sou violenta, mas não tenho intenções reais, apenas lapsos de razão constantes. Estou disposta à muitas coisas, nessa época que nem Jakobson imaginava que eu estaria comunicando tanto sobre mim mesma.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa