Desvanescer

Para arco-íris, que se sobrepõe após as tempestades.

Sinto-me insuportável para mim mesma, quero destruir tudo que está a minha volta, quero destruir a mim mesma, porque no fim, eu sou o problema de tudo, eu não merecia ser quem sou.
Desmedida e poluída, esta sou eu, minha boca só serve para coisas sujas, pois mente e desmente, jamais diz o que quer e sempre se submete a tudo. 
Queria poder dizer o quanto não quero, mas minha boca insiste em dizer sim, porque não sabe dizer nada que deveria, o certo seria expressar vontade, a desvantagem é a pobreza de meu espírito, meu descaso comigo, pelo meu interior empobrecido. Eu sinto o caos em mim causado por mim mesma, eu sinto a dor das paredes frias e o conceito de felicidade morreu, desapareceu minha vontade de viver. Tudo é triste, desconcertantemente gris, abalavelmente inconsistente, consciente deprimido em meio a dor de não se ser o que se quer ser, pois todos os sentidos estão bombardeados, toda a inocência perdida. todos os sonhos nublados. Liberdade é uma palavra que só existe no dicionário.

Comentários

  1. Depois da tempestade sempre surgirá um arco-íris e com ele a esperança de dias melhores...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Argumente.

Postagens mais visitadas deste blog

Ultraviolência

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Arco-íris e Tristessa