TUA TEIA

Em tua teia me envolveste
Sufocou-me, exprimiu-me, calou-me.
Não vi nada,
estava escuro.
Na imesidão do preto fantasiei
segundos de eternidade.
No frenesi do instante,
corri sem sair do lugar
Tremi ao acaso
Me prendi,
Me enalteci,
Morri.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa