Chuva de verão



Ai, que doces essas chuvas de verão.  Fazem-me esquecer de tudo, fazem-me perdoar tudo, fazem-me acreditar em tudo. Renovam-me por inteira, reciclam-me. É lindo ver o céu mudar em poucos segundos, do azul para o preto e ficar num laranja celestial inexplicavelmente lindo.
Quando parece que de um lado o mundo vai acabar e do outro é só um azul celeste.
É verão, e só no verão se vê espetáculos assim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa