Limpeza

Hoje eu limpei a casa, limpei o guarda-roupa, limpei gavetas. Pus fora tudo que já era inútil: meus sapatos desbotados, minhas roupas velhas, meus cadernos velhos, lixos. Mas não te arranquei de dentro de mim, eu tentei, juro, mas não consegui. SORRY. Eu até encontrei umas poesias que eu fiz para pessoas que não mereciam minhas palavras. Eu sinto muito por não ter controle sobre meus sentimentos idiotas. E eu sigo fumando nas minhas tardes negras. Sem ar. Eu preciso de você aqui porque eu mereço isso, porque eu sei que sou uma boa garota. Bebida? Nossa, já estou farta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ultraviolência

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Arco-íris e Tristessa