Vertigem que o marlboro vermelho me causou


Eu sinto o mundo vazio e o meu corpo transbordando de sentimentos contraditórios. Não posso dizer que sou uma escritora, porque sou apenas uma pessoa normal que veio de uma cidade pequena e não poderá nunca se igualar aos homens sem ser julgada e eu perco/ganho muitas coisas com isso.
Tenho conversado com o silêncio e estou com um isqueiro na calcinha. Pretendo parar de fumar e cuidar melhor do meu corpo, não sei quanto tempo vou durar, mas sei que estou ficando velha e sim, eu também deveria parar de beber e ficar mais vazia de sentimentos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ultraviolência

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Arco-íris e Tristessa