Mil motivos da minha depressão

              E eu venho doente há cinco meses. No início estava tudo bem, eu não estava fazendo nada mesmo. E eu sonhava com muitas coisas só porque não tinha mais nada para fazer. Mas todo amor começa assim inofensivo e só com o passar do tempo fui percebendo que estava me destruindo, destruindo meus sonhos, meu sono, minha realidade, minha vida. E eu quero me curar, eu preciso de ajuda, preciso de um psicólogo, sei lá. Preciso de alguém que me ajude a curar essa doença que está me consumindo exatamente como um câncer. Eu sei que sobreviverei, mas cada vez me afundo mais, estou quase no fim, enterrada em mentiras, ilusões, sonhos impossíveis. E enquanto as meninas lindas e perfeitinhas estão por aí vivendo suas lindas vidas, vidas reais e boas, eu vejo a minha vazia, porque nunca fui bonita, nunca me senti bem comigo mesma, e sempre fui paranoica em relação á beleza. E parei por uns tempos, mas agora tudo voltou e talvez seja o medo da rejeição.
            Tu nunca aceitarias essa minha doença invadindo tua vida e junto comigo, assim de brinde, meus defeitos horríveis, físicos e mentais. Sem poesia sou assim, possessiva, louca, perigosa para mim e para os outros. E já não faz diferença para meu corpo, estou num estado em que não sinto nada além dessa dor no peito que é causada por ti, que me mata, me apunhala, me incendeia, me dá choques, me dá náuseas, me corrói, me dá ataques epiléticos. ESTOU MORRENDO. Sobreviverei de qualquer maneira, na verdade meu corpo ficará bem, mas eu não... Minha vida ficará péssima se eu continuar assim, sem me tratar. Essa obcessão está me matando e junto dela um amontoado de mentiras e outras merdas. Porque esse amor não é maravilhoso ou fantástico. É doença. Preciso da cura. Não quero doces, fumarei cigarros. Não quero distração, beberei para esquecer, não quero deixar de falar contigo, dormirei mal, não quero me importar com minha vida, deixarei tudo passar. Não, não, não, chega! Parei por aqui, quero minha vida de volta, não preciso de ti nem desse amor invisível e intangível. Você me faz mal, muito mal. E mesmo que as coisas continuem dando errado em minha vida, quero perder tempo com outras coisas e não contigo. Porque não tenho coragem de te dizer, porque não quero que te sintas culpado, porque o problema sou eu, eu e o meu vício de amar demais, de maneira corrosiva e extremamente sonhadora. Aquarianos são sonhadores, não é mesmo?
             O problema é com a minha vida em geral, que está confusa, que algumas pessoas estão me fazendo falta, outras sobrando, e eu assim, doente, agonizando. Quero me libertar, me decidir, me formar e parar de sonhar tão alto. É hora de encarar a verdade: eu nunca estarei contigo.
              Prometo parar de ser doente assim, e tomar um rumo, buscar soluções, tomar atitudes, planejar as coisas. Evitarei morrer assim, tenho muito o quê fazer pra começar. Agora por exemplo, vou dormir.

Comentários

  1. "AS PALAVRAS NÃO FAZEM SENTIDO SÃO SINGELAMENTE UMA FORMA TOTAL OU PARCIAL DE DISFARÇAR AQUELE MAU OU BEM QUE A VIDA NOS TRÁS TODOS OS DIAS"
    "QUERENDO OU NÃO DE ALGUMA FORMA A MÁGOA,O RANCOR,A FELICIDADE OU O AMOR TEM QUE SE MANIFESTAR SEJA COMO FOR"
    "TENHO UMA DOENÇA MAS EU PREFIRO A OMITIR POR CALAR A VOZ QUE GRITA DENTRO DE MIM"
    "QUANDO FICO TÃO INSEGURO AQUELE OLHAR EU PROCURO AO FECHAR DE MEUS OLHOS EU OS IMAGINO TALVEZ POSSA SER MEU PORTO SEGURO"
    "LOUCURA,OBSESSÃO,AMOR OU PAIXÃO É CLARO QUE NÃO!SERIA MUITO PARA MEU FRÁGIL CORAÇÃO"
    "ISTO É APENAS ALGO QUE SINTO.(É QUE NEM TOMAR ÁGUA É BOM MAS NÃO TEM GOSTO NENHUM)

    ResponderExcluir
  2. SEMPRE QUE TÔ TRISTE LEIO O QUE TU ESCREVE E SEI QUE NÃO PODE IMAGINAR MAS FAZ EU ME SENTIR MUITO MELHOR POIS TU SABE BEM COMO ESCREVER E SEMPRE PEGA NO MEU CORAÇÃO ESSAS PALAVRAS TOMARÁ QUE UM DIA TU LANCE UM LIVRO VAI SER MUITO LEGAL!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Argumente.

Postagens mais visitadas deste blog

Ultraviolência

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Arco-íris e Tristessa