Linhas demais por você


                 Já faz muitos dias que eu não te vejo. Há tempos não escuto tua voz e sinto teu abraço doce e frio ao mesmo tempo. Por que eu me sinto assim? Não há nada em você que deva ser valorizado, mas eu vi alguma coisa, alguma luz dentro dos teus olhos escuros, fundos, tristes.
                Não tenho certeza, mas acho que se passassem mil anos, eu continuaria lembrando do teu rosto cansado e jovem, que não tem rumo, mas que para mim é o mais lindo do mundo. Jurei nunca mais me sentir assim, mas não posso evitar. Vem a noite e eu lembro de tanta coisa, me arrependo de algumas, mas sobrevivo.
                Eu simplesmente não consigo. Não consigo abandonar tudo isso e seguir feliz com as coisas boas que me acontecem... Eu confesso que tenho uma obsessão por outra pessoa e a culpa é tua, porque essa pessoa me lembra tu. Mesmo destino, mas acho que ainda melhor, sabe? O garoto tem talento e tu não tem NADA.
                Talvez eu tenha um olhar transparente e veja além dos corpos. Meus olhos transcendem e enxergam o coração bom das pessoas. Talvez isso tenha acontecido com muita gente. Beleza tá dentro da pessoa, mesmo que seja clichê, é verdade.
                Espero sinceramente que eu consiga algum dia firmar essa obsessão em algum lugar da minha vida e parar de se rum barco no meio de uma tempestade. Nunca quis ter esses gostos, mas eles vieram com o tempo justamente pelo meu repúdio. Agora estou fudida. Espero que chova e lave toda essa lama do meu corpo.
                No ano novo eu sofri. Fiquei sozinha e chorei por ti na chuva. Gritei, mas não consegui me exorcizar. Passe a virada sozinha, mas não conta pra ninguém que eu te amo, tenho medo que me internem. Pra que fazer isso comigo e não pedir desculpa depois? Eu não consigo continuar, mesmo sabendo que não vale a pena e que eu nunca terei você de novo, na verdade nunca tive. É tudo ilusão. Todos passaram, você ficou e a tua réplica de merda tá me infernizando toda madrugada e eu não aguento mais.
                Eu perdi todas as pessoas que estavam do meu lado e isso não foi tua culpa. É a minha insensatez. Minha loucura. Meu mau gosto. Minha sina.
                Mas chega, poderia passar a vida falando de você, mas sabe, às vezes preciso dormir.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ultraviolência

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Arco-íris e Tristessa