Desnuda e com asas

      Acendo um cigarro enquanto ouço Tori Amos cantar no meu ouvido, baixinho, devagar. Arrepios percorrem meu corpo e uma confusão enorme em minha mente. Eu realmente não sei como fazer e o que fazer, porque eu não sei mais a verdade, ela voou para longe de mim e de todas as minhas expectativas.
Na verdade tanto faz, são poucos os que me seguram quando eu caio, e se vier seu nome será Caio.
Mas não vira, porque não o sinto pulsar, só sinto um futuro com pouco tempo, segundos apertados. E nenhum de vocês estarão comigo porque eu só poderei caminhar sozinha. Vocês nunca sairão da minha memória, mas meu lugar é longe porque não sei valorizar o que não é belo. Sou humana e insensível algumas vezes. O que convém nem sempre é o que eu quero. Na maioria das vezes desperdiço amor, ainda não sei amar. Cansei das minhas próprias loucuras e esse lugar já não é suficiente, e eu já não te quero perto e eu ando rasgando coisas, excluindo fotos e te arrancando de dentro de mim, ainda bem que ainda estás superficial, filho-da-puta.
         Eu querendo ver o sol se por quando está chovendo, e caminhar na chuva encharcada com o teu amor pleno que eu não mereço. Eu juro que arrancaria ele de ti se eu pudesse. Não quero te ver sofrendo mais, eu só quero um lugar pra ir e quero esvaziar meu coração, porque minha memória está cheia de lixo tóxico e está me matando. 
        E as cartas que escrevi e nunca enviei estão mofando. Talvez nunca sejam lidas por ninguém. É como se eu estivesse fugindo de mim mesma e do meu futuro feliz. E o meu costume de digitar teu nome todos os dias está sumindo. E as músicas que me lembram você fazem meu sangue correr como um ácido nas minhas veias quando eu escuto-as.
         Nada disso importa considerando que eu tenho que trabalhar muito pra ver se arrumo um dinheiro nessa minha porra de vida de patricinha, pra poder sumir daqui sozinha ou não. Não importa. Só voarei.
      

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa