Minhas imperfeições são originais


                Tudo que eu faço busca repor algum defeito, esconder minhas falhas. Hoje posso ser do jeito que eu quiser. Será mesmo? Tudo parece moderno e egoísta, mas todos me olhariam diferente se vissem algumas coisas em mim. As coisas que eu escondo.
                Dizem que é rebeldia, mas no meu caso é obrigação, porque não há nada que eu possa fazer. Nasci assim, meu corpo é 80% ridículo e existem coisas que não posso consertar, então eu estrupio ainda mais e foda-se, não sou nem um pouco perfeitinha. Não sou boneca, não acredito que gostem de mim assim. Só gosta de mim quem não me conhece. Se eu julgo pelas aparências então sou fútil. Será a mídia a culpada? Acho que não, só sou fodida e não sei de quem é a culpa. Preciso parecer indiferente, mas não consigo, preciso repor e demonstrar meu grau de indiferença.
                Então meninas lindas: Tomem no cu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Me cobraram recato, eu rasgei o contrato

Ultraviolência

Arco-íris e Tristessa